O contrabaixista e compositor nessa formação de enfoque camerístico e ao mesmo tempo mantendo o apelo brasileiríssimo de suas composições, propõe um novo material composto exclusivamente para este grupo além de releituras de composições dos cds Crescendo (1996), Aprendiz (2000) e Prazer da Espera (2006).

Todas as composições são de autoria de Rogério Botter Maio e são executadas por Marisa Silveira (cello), Gabriel Levy (acordeon), Maria Beraldo Bastos (clarinete e voz), Fábio Leandro (piano).

Esse grupo com sua inusitada e especial combinação timbrística, surpreende quando visto do ponto de vista da música de câmera, pela inclusão do acordeon.
Quando visto do ponto de vista da música popular, é ainda rara e muito bem vinda a presença do violoncelo.
A ideia é justamente aproximar a música de raízes rítmicas brasileiras da cameristica (assim considerada pelo fato de poder ser executado acusticamente de acordo com a sala da apresentação) – em outras palavras entre o popular e o “erudito”.

A maioria das composições são instrumentais.